Presidente da CND propõe parceria de formação com o povo Saterê-Mawé

O Diácono Francisco Salvador Pontes Filho (Chiquinho), presidente da Comissão Nacional dos Diáconos – CND, esteve em visita à sua cidade natal Parintins (AM) em outubro de 2020 e deu um depoimento à ENAC – Equipe Nacional de Assessoria de Comunicação da CND. Confira a seguir os principais trechos.

“Por ocasião de minha visita a minha terra natal Parintins (AM), no último mês de outubro, tive a oportunidade de conversar demoradamente com Josias Saterê, liderança do povo Saterê-Mawé, etnia amazonense localizada na terra indígena Andirá-Marau, na divisa com o Pará.

Formado em pedagogia, Josias Saterê, é a primeira liderança do povo Saterê-Mawê, a possuir título de mestrado, na área de Sociedade e Cultura na Amazônia, do Programa de Pós-graduação em Sociedade e Cultura na Amazônia (PPGSCA), pela Universidade Federal do Amazonas/UFAM.

Casado com minha irmã Franciane Pontes, professora do município, com quem tem um filho pequeno, Josias trabalha diretamente na aldeia Saterê-Mawé, na formação e acompanhamento da juventude e preside uma associação de ajuda e assistência ao povo Saterê.

Conversamos sobre muitos assuntos e a possibilidade de uma parceria com a Comissão Nacional dos Diáconos – CND, no sentido de apoiar e apresentar projetos na área de educação para jovens indígenas, que precisam dar continuidade à própria formação intelectual. Segundo Josias Saterê, os projetos existentes hoje são muito limitados e não contemplam uma formação mais alongada, abrangente, e cada vez mais conta com recursos escassos.

Nos colocamos a disposição no sentido de apoiar e apresentar as demandas oriundas da comunidade Saterê, para outras instituições no país e no mundo. Ficou claro que a nossa participação nesta parceria, mesmo que informal, é sempre de acolher aquilo que for proposto, analisar seu conteúdo e interferir o mínimo possível, em assuntos que dizem respeito ao povo Saterê-Mawé”.

Deja un comentario

Tu dirección de correo electrónico no será publicada. Los campos obligatorios están marcados con *

Las siguientes reglas del RGPD deben leerse y aceptarse:
Este formulario recopila tu nombre, correo electrónico y e contenido para que podamos realizar un seguimiento de los comentarios dejados en la web. Para más información revisa nuestra política de privacidad, donde encontrarás más información sobre dónde, cómo y por qué almacenamos tus datos. Si das tu consentimiento entendemos que estas de acuerdo con nuestra política de protección de datos.