Escola Diaconal da Diocese de Campina Grande, Brasil, promove Retiro.

Os candidatos ao Diaconato Permanente da Escola Diaconal da Diocese de Campina Grande – Paraíba estiveram em retiro, nos
dias 21 e 22 de julho, no Centro de Formação Redentorista São Clemente, no Bairro de Bodocongó, em Campina Grande.

O assessor foi o diácono permanente, teólogo e escritor José Durán y Durán, da Diocese de Palmares, PE, e ex-presidente da Comissão Nacional dos Diáconos. O retiro contou com a presença do bispo diocesano dom Dulcênio Fontes de Matos, que durante sua participação, lembrou aos presentes da necessidade de se viver a Palavra de Deus através dos gestos.

Padre José Assis Pereira Soares, Coordenador da Escola Diaconal, em suas palavras aos postulantes, recordou dos passos de Jesus e da necessidade de momentos de descanso, reflexão e deserto, de meditação, sobretudo individual e momentos de silêncio.

Em uma de suas pregações, o diácono Durán ressaltou que a missão do diácono é ser “discípulo com pé no chão”, que é preciso resgatar em nossas dioceses, paróquias e comunidades o projeto de Jesus com a dignidade humana, anunciando o Reino de Deus numa realidade concreta, partindo para uma ação evangelizadora. “Dentro de nossa evangelização é necessário reprogramar a luz do projeto de Jesus, tomando uma firme decisão. Somos responsáveis pela Igreja, é preciso que todos vivam em plenitude seu batismo”, concluiu.

Durante o retiro, o pregador também apresentou seu recente trabalho literário, o livro “Renovar a vida”, fruto do relato de experiências de diáconos, esposas e candidatos, em retiros, encontros e assembleias pelo Brasil.

Atualmente existem duas turmas da Escola Diocesana de Formação Diaconal, sendo que a primeira turma possui 23 aspirantes ao diaconado permanente que estão em fase de conclusão dos estudos teológicos e dos processos avaliativos.

(Comissão de articulação da Escola Diocesana de Formação Diaconal de Campina Grande)

Deja una respuesta

Tu dirección de correo electrónico no será publicada.