Diocese de Marília (SP, Brasil) recebe os primeiros frutos da Escola Diaconal São Lourenço

Diocese de Marília (SP) recebe os primeiros frutos da Escola Diaconal São Lourenço

Dom Luiz Antonio Cipolini ordenou seis dos 32 alunos da Escola Diaconal que, até o próximo domingo, dia 21 de novembro, receberão a ordem do diaconado. “Tenham a caridade, a sabedoria e a fé como os maiores dons deixados por Cristo que os escolheram para o ministério ordenado”, ressaltou o bispo.

Na noite de ontem, dia 13 de novembro, o bispo diocesano de Marília, Dom Luiz Antonio Cipolini, presidiu cerimônia de ordenação de seis diáconos permanentes. A Missa, realizada na Igreja Matriz de Santo Antônio, em Marília, respeitando os protocolos sanitários contra a Covid-19, reuniu familiares e amigos dos primeiros ordenados da Escola Diaconal São Lourenço.

Casados e com testemunho de vida pautado no Evangelho de Jesus, os novos diáconos permanentes Ivo Fernandes Dutra, Luis Fernando Gobetti, Luiz Carlos Teco, Marco Antônio da Silva, Osvaldo José Mendes e Romildo Melato Júnior, definem-se, agora, como o sacramento de Cristo Servo e como expressão da Igreja servidora (cf. CNBB, Doc. 96).

Às vésperas da celebração do V Dia Mundial dos Pobres, proclamado pelo Papa Francisco, a rito de ordenação expressou a proximidade dos diáconos com o serviço dos mais necessitados. Em sua homilia, Dom Luiz Antonio afirmou que a pandemia aumentou a pobreza e, diante da situação desafiadora, Jesus convida a todos ao amor que transforma a realidade e pediu para que os novos diáconos, “servindo aos que mais precisam, tenham a caridade, a sabedoria e a fé como os maiores dons deixados por Cristo que os escolheram para o ministério ordenado”.

O bispo emérito de Marília, Dom Osvaldo Giuntini, também participou da Missa, juntamente com dezenas de religiosos que acolheram os novos diáconos.

Outros 26 candidatos ao diaconato permanente receberão a ordenação em quatro celebrações que ocorrerão entre hoje e o próximo domingo, dia 21. Todos passaram pela Escola Diaconal São Lourenço que, desde 2015, preparou-os por meio das etapas formativas indicadas nas Diretrizes para o Diaconado Permanente da Igreja no Brasil.

Padre Tiago Aparecido de Souza Barbosa, assessor da PasCom Diocesana de Marília

Fotos: Érica Montilha – Diocese de Marília

cnd.org.br

Deja una respuesta

Tu dirección de correo electrónico no será publicada.