Conhecendo a CND – Como é estruturado o organismo diaconal brasileiro

Conhecendo a CND – Como é estruturado o organismo diaconal brasileiro

 

Conhecendo a CND - Como é estruturado o organismo diaconal brasileiro

A Comissão Nacional dos Diáconos – CND é um organismo da Conferência Nacional dos Bispos do Brasil – CNBB regida por estatuto próprio, aprovado pela Conferência Episcopal.

É coordenada por uma Presidência eleita em Assembleia Geral Eletiva. A atual Presidência foi eleita na Assembleia Geral e Eletiva de Goiânia (GO), em abril de 2019: Presidente – Diácono Francisco Salvador Pontes Filho, de Manaus (AM), CRD Norte 1; Vice-presidente – Diácono Júlio Cesar Bendinelli, de Vitória (ES), CRD Leste 2; Secretário – Diácono José Oliveira Cavalcante (Cory), de Crato (CE), CRD Nordeste 1; Tesoureiro – Antônio Oliveira dos Santos, de Palmas (TO), CRD Norte 3.

Sua organização compreende:

1.         Comissão Diocesana (CDD) ou Arquidiocesana (CAD) dos Diáconos, formada pelos Diáconos Permanentes das Paróquias, com Presidência eleita em Assembleia local a cada quatro anos. Conta com um Presbítero como Assessor.

2.         Comissão Regional dos Diáconos (CRD), formada pelos Diáconos Permanentes de uma Região Pastoral, definida pela Conferência Nacional dos Bispos do Brasil. Pode ser um Estado (Província) ou vários. A Presidência é eleita em Assembleia a cada quatro anos. Escolhem a presidência os Presidentes e representantes de cada Arquidiocese ou Diocese que contam com Diáconos Permanentes. Conta com um Bispo como Assessor.

3.         Comissão Nacional dos Diáconos, formada pelos Diáconos Permanentes do Brasil, filiados ao organismo. Os Diáconos Permanentes filiados de cada Regional (CRD), escolhem uma Delegação para participarem da Assembleia Geral Eletiva a cada quatro anos. Essa delegação conta com Presidentes e Diretores de Arquidioceses e Dioceses, de acordo com o número geral de Diáconos e de acordo com o número de vagas para a Assembleia Nacional. Conta com um Bispo como Assessor/Referencial. Esse Bispo faz parte da Comissão Episcopal Pastoral para os Ministérios Ordenados e a Vida Consagrada (CMOVC) da CNBB. O atual Bispo Referencial é Dom João Francisco Salm, bispo de Tubarão (SC) e presidente da citada Comissão Episcopal.

4.         A CND conta com várias assessorias, formadas por Diáconos Permanentes que exercem profissões atinentes ou voluntários:

* ENAP – Equipe Nacional de Assessoria Pedagógica, responsável por formular subsídios de formação para Escolas Diaconais e Formação Permanente para Diáconos e Esposas. São membros: Diácono José Gomes Batista, coordenador, da Arquidiocese da Paraíba (PB); Diácono Luciano Lima Santana, da Arquidiocese de Vitória da Conquista (BA); Diácono Vinícius Antônio Melo Souza, da Diocese de Crato (CE).

* ENAC – Equipe Nacional de Assessoria de Comunicação, responsável pela Comunicação em geral e Assessoria de Comunicação da Presidência. São membros: Diácono José Carlos Pascoal, coordenador, da Diocese de Jundiaí (SP); Diácono jornalista José Bezerra de Araújo, Arquidiocese de Natal (RN); Diácono Leandro Marcelino Santos, da Diocese de Mogi das Cruzes (SP), área de Informática; Candidato ao Diaconado Alan Oliveira Venâncio e sua Esposa Fabiana Venâncio, da Arquidiocese de Belo Horizonte (MG), área de Marketing.

* Assessoria Jurídica, formada por: Diácono Dr. Márcio Honório de Oliveira e Silva, coordenador, da Arquidiocese de Belo Horizonte (MG); Diácono Dr. Márcio Damião de Almeida, da Diocese de Rio Branco (AC); Diácono Dr. Iran Alves Soares, da Arquidiocese da Paraíba (PB).

* Assessoria Religiosa/Espiritual – um Presbítero, Padre Silvio Roberto de Alcântara, da Arquidiocese da Paraíba (PB).

* Assessoria de Relações Internacionais – Diácono Alberto Magno Carvalho de Melo, da Arquidiocese de Brasília (DF).

* Assessoria da Presidência – Diácono José Durán y Durán, da Diocese de Palmares (PE).

* Está em processo de formação a Assessoria Litúrgica.

A Presidência da Comissão Nacional dos Diáconos convoca para as Assembleias Gerais Eletivas e Não Eletivas. As assembleias são realizadas alternativamente a cada dois anos. Convoca anualmente para o Encontro Nacional de Diretores e Formadores de Escolas Diaconais, coordenado pela ENAP. Promove anualmente a Reunião Ampliada do Conselho Consultivo, formado pela Presidência, Presidentes das Comissões Regionais, Assessorias e Bispo Referencial. O Conselho Consultivo, sem a presença das Assessorias, participa de Reunião Anual da Comissão Episcopal Pastoral para os Ministérios Ordenados e a Vida Consagrada da CNBB.

Há no Brasil atualmente pouco mais de 6.000 Diáconos Permanentes, sendo que 4.040 são filiados à CND.

Informação: Diácono José Carlos Pascoal – Assessoria de Comunicação.

Sítio web: www.cnd.org.br

Deja una respuesta

Tu dirección de correo electrónico no será publicada.