CRD NE-2 REÚNE DIÁCONOS DE PERNAMBUCO EM LIVE DE FORMAÇÃO

O presidente da Comissão Regional dos Diáconos do Nordeste 2 (CRD NE-2), Diác. Otacílio Vieira de França, reuniu os diáconos da Província Eclesiástica de Pernambuco, na noite de ontem, 10 de abril de 2021, entre 20 horas e 21h30, de forma on-line. Participaram 21 pessoas, incluindo o Bispo Referencial dos Diáconos no Nordeste 2, Dom Egídio Bisol, que fez as orações de abertura e encerramento; o Presidente da Comissão Nacional dos Diáconos (CND), Diác. Francisco Salvador Pontes Filho (Chiquinho), e a Irmã Suse Cleide Lopes Santos, psicóloga. O objetivo foi a abordagem do tema “Saúde Mental em temo de Pandemia”, pela Irmã Suse.

Em sua abordagem, a Irmã disse que o medo, a ansiedade e a tristeza fazem parte da vida das pessoas, principalmente em tempos como estes em que se convive com a Pandemia. “O medo é um mecanismo do inconsciente para nos alertar e nos proteger de algum perigo; a ansiedade é uma reação natural e emocional do corpo; no entanto, quando se manifesta em excesso, trona-se prejudicial; e a tristeza se faz necessária para o conhecimento da alegria, mas é necessário ter equilíbrio”, afirmou a Irmã Suse.

Ela abordou aspectos negativos que têm se manifestado durante a pandemia. Entre as consequências estão o luto patológico, a violência doméstica, a insegurança e instabilidade política e sanitária. À pergunta sobre como manter a saúde mental, a Irmã Suse orientou: “planeja uma rotina; nos trabalhos remotos faça sempre alguma pausa; busque pensamentos positivos e instrutivos; evita os pensamentos negativos e lê muito sobre o coronavírus e seus efeitos; mantenha as crianças perto dos pais; questione notícias, para não se contaminar com informações falsas; cultive laços afetivos; ajude pessoas da comunidade”, orientou. “Já estou atendendo a pessoas e casais, de forma on-line, por causa da pandemia”, informou a Irmã.

Ela também falou sobre os impactos positivos da religiosidade e da espiritualidade na saúde mental. Citou o exemplo de um Diácono com COVID que, no hospital, ajudou os profissionais da saúde e até outras pessoas contaminadas. “Ele, com sua espiritualidade, transformou a UTI numa Igreja; isso é muito positivo”, relatou a Irmã Suse.

Depois da abordagem, houve partilha dos participantes. O Diác. Antônio Sebastião, de Olinda e Recife, criticou as atitudes do Poder Central e até de alguns irmãos da Igreja em relação à Pandemia, que geraram muitas incertezas. Relatou, também, que durante a Pandemia articulou a pastoral da caridade e distribuiu quentinhas para pessoas em situação de rua. “Fui contaminado, mas graças a Deus estou bem”, disse. O Diác. José Everaldo Farias sugeriu a leitura do livro “O Monge e o Executivo” como uma boa fonte de leitura e convivência nesse tempo da Pandemia. O Diác. Eugênio Lima, de Natal, manifestou sua angústia por ver a necessidade de praticar a caridade e não poder, por ter comorbidade, e perguntou o que fazer. “Faça só o que lhe for possível; tenha paciência e se resguarde para praticar a caridade quando a Pandemia passar”, recomendou a Irmã.

Houve também a apresentação das Equipes de assessoria da CRD. A Equipe Regional de Assessoria Pedagógica (ERAP) e a de Assessoria de Comunicação (ERAC). O Coordenador da ERAP, Diác. José Durán y Durán, anunciou para o dia 21 de junho uma live de formação e apelou para que os diáconos respondam aos questionários quando solicitados. O coordenador da ERAC, Diác. José Bezerra, citou os nomes dos componentes (Diáconos Antônio Carlos, José Lucemário, José Robson, Lindomar) e se colocou à disposição para divulgar as informações sobre as atividades dos diáconos e dioceses “como esta que o Diác. Antônio Sebastião realizou, levando alimentos às pessoas em situação de rua”, disse o Diác. José Bezerra. O Presidente da CND, Diác. Chiquinho, no final, manifestou alegria pelo trabalho realizado no Regional e apelou para que sejam divulgadas as ações do corpo diaconal e da Igreja, nas mídias locais e da CND. Também pediu que os Diáconos participem da “Live de escuta do CELAM”, hoje, dia 11 de maio de 2021, às 19h30. “O CELAR que nos escutar”, disse.
Foto: José Bezerra

Fuente: https://cnd.org.br/publicacao/crd-ne-2-reune-diaconos-de-pernambuco-em-live-de-formacao/1150

Deja una respuesta

Tu dirección de correo electrónico no será publicada.