Uma Comunidade recuperando vidas

A Comunidade Terapêutica “Recuperando Vida” de Caucaia, CE, exerce um intenso e importante trabalho social, ajudando a recuperar dependentes químicos. “Somos uma instituição do terceiro setor, que se integra a rede de saúde mental, para amenizar o sofrimento das pessoas e das famílias envolvidas nesta terrível doença”, diz seu idealizador, diácono Francisco Fernandes de Almeida.

Criada por inspiração divina colocada no coração do Diácono Francisco no ano de 2012, contou com a participação de sua família e alguns amigos, que criaram e registraram a associação. A construção do centro foi iniciada em 2014 e está em funcionamento desde 2018. “A drogadição e um mal que vem matando nossos jovens e desarticulando as famílias. A Comunidade Terapêutica “Recuperando Vidas” é uma instituição do Terceiro Setor que se junta à rede de saúde pública para amenizar os sofrimentos dos nossos irmãos dependentes químicos, acolhendo-os e acompanhando-os com um singular projeto terapêutico”, explica o diácono Francisco, que exerce seu ministério da Caridade no local.

“Dependemos totalmente da graça de Deus, pois não fazemos convênio com governos, mas os donativos em espécie, em móveis, eletro domésticos são benvindos. Fazemos promoções de festas e show de prêmios para ajudar na manutenção”, disse. Para um interno com posses, a mensalidade gira em torno de R$ 1.500,00, mas a Comunidade acolhe os que não têm possibilidades financeiras, pois o mais importante é resgatar vidas. Donativos podem ser depositados através de conta na Caixa Econômica Federal: Agência 1035 – Operação 003 – Conta 3065-0.

Fundador:
Diácono Francisco Fernandes de Almeida, Arquidiocese de Fortaleza, CE.
Incardinado na Paróquia do Genibaú. Tem como objetivo servir os mais necessitados.
É casado, pai de 6 filhos. Aposentado. Escreveu 6 livros. É o presidente da CRD Nordeste 1, que compreende o diaconado do Estado do Ceará.

Fonte: cnd.org.br

Dejar un comentario

Tu dirección de correo electrónico no será publicada. Los campos obligatorios están marcados con *

Las siguientes reglas del RGPD deben leerse y aceptarse:
Este formulario recopila tu nombre, correo electrónico y e contenido para que podamos realizar un seguimiento de los comentarios dejados en la web. Para más información revisa nuestra política de privacidad, donde encontrarás más información sobre dónde, cómo y por qué almacenamos tus datos. Si das tu consentimiento entendemos que estas de acuerdo con nuestra política de protección de datos.