Mensagem do Presidente da CND, direto do Sínodo para a Amazônia

Caríssimos irmãos diáconos e esposas, candidatos e esposas. Paz e bem!

Hoje, finalmente, em mais uma aula sinodal, com a presença assídua do Santo Padre, o Papa Francisco, nos foi apresentada cópia do Documento Final, resultado de vários dias de intenso trabalho em círculos menores de estudo. Um verdadeiro mergulhar em águas profundas, exigindo de todos um esforço e uma dedicação fora do comum.

Todos tivemos a oportunidade de nos expressar de forma profunda sobre temas diversos, abordados em nossas comunidades, e que fizeram parte do Instrumento de Trabalho, subsídio que ajudou em muito o desempenho de cada um no Sínodo. Nesta tarde de sábado, teremos a votação final do documento pelos padres sinodais, e os devidos encaminhamentos e a remessa ao Santo Padre.

Nosso diaconato foi assunto em muitos grupos de estudo. O Sínodo indica para uma maior necessidade de promoção e visibilidade da vocação em nossas dioceses e Prelazias. É como dizemos aí: “estamos bem na foto”. Tudo é graça de Deus e um testemunho gigantesco de diáconos e suas famílias no serviço à Igreja. Em relação a isso, deixo o Sínodo bastante convencido e animado com tudo que vi e ouvi durante a nossa participação como auditor do Sínodo para a Amazônia. Cristo de fato aponta para a Amazônia e, nós diáconos, servos da primeira hora, devemos seguir a sua indicação, o seu chamado.

Concluo com alegria lembrando a frase de Dom Sérgio Eduardo Castriani, Arcebispo de Manaus (AM): “Não se pode pensar a Amazônia sem a participação do Diácono Permanente “.

Com gratidão a todos,

Diácono Francisco S. Pontes Filho, Presidente da CND

Roma/Itália.

Deja un comentario

Tu dirección de correo electrónico no será publicada. Los campos obligatorios están marcados con *

Las siguientes reglas del RGPD deben leerse y aceptarse:
Este formulario recopila tu nombre, correo electrónico y e contenido para que podamos realizar un seguimiento de los comentarios dejados en la web. Para más información revisa nuestra política de privacidad, donde encontrarás más información sobre dónde, cómo y por qué almacenamos tus datos. Si das tu consentimiento entendemos que estas de acuerdo con nuestra política de protección de datos.