A CND esclarece sobre as campanhas de doações para a sede em Brasília (DF, Brasil)

A Presidência da Comissão Nacional dos Diáconos presta esclarecimento com relação às campanhas de doação para o aluguel e, no futuro, compra de uma sala para ser a sede da CND na Capital Federal.
Abaixo, a nota enviada pelo presidente da CND, diácono Francisco Salvador Pontes Filho.
Caríssimos irmãos diáconos, Paz e bem.
Venho, por meio desta nota, esclarecer as motivações deste objetivo: ter uma sede própria para a CND, aliás, sonho antigo das administrações anteriores.
Somos hoje em torno de seis mil diáconos no Brasil. A CND, como organismo da Conferência Nacional dos Bispos do Brasil (CNBB), cresceu e vem crescendo muito no país. Somos a vocação que mais cresce. Os números mostram que atualmente temos aproximadamente três mil candidatos em formação. Isto nos remete para uma articulação da vida diaconal de forma organizada, com mais praticidade, com redução de custos e acompanhamento mais eficiente.
Por outro lado, construímos ao longo do tempo, toda uma história de dedicação e serviço às nossas dioceses e prelazias. Tudo aquilo que resultou desta sinodalidade, transformou-se em memória do diaconato permanente no Brasil. Arquivos, materiais, acervo de obras, instrumentos de comunicação, estão espalhados em diversas regiões do país, se deteriorando e comprometendo a nossa própria memória.
Contudo, quando falamos em sede, entende-se um espaço, apenas uma boa sala, que possa atender a nossa dinâmica de crescimento. Não considere um prédio, não é isso. A presidência da CND já está em tratativas com a CNBB, visando um contrato de aluguel de uma boa sala em um edifício de sua propriedade e que atende às nossas necessidades estatutárias.
Um dos motivos das Campanhas também se deve à dificuldade de repasse de valores das CDDs para as CRDs e destas, para a CND. Conforme compartilhado no Conselho Consultivo, ainda há muitos diáconos não filiados e diáconos filiados que não contribuem para com os organismos diaconais em suas manutenções. Espero contar com a sua relevante ajuda e, também, de quantos irmãos puderem nos ajudar. Te saúdo na fraternidade que nos une no Cristo Servo, razão maior de nossa vida.
Com gratidão e um abraço fraterno na tua amada família.
Diácono Francisco S. Pontes Filho – Presidente da CND
Manaus/AM – 18 de março de 2020.

cnd.org.br

Deja un comentario

Tu dirección de correo electrónico no será publicada. Los campos obligatorios están marcados con *

Las siguientes reglas del RGPD deben leerse y aceptarse:
Este formulario recopila tu nombre, correo electrónico y e contenido para que podamos realizar un seguimiento de los comentarios dejados en la web. Para más información revisa nuestra política de privacidad, donde encontrarás más información sobre dónde, cómo y por qué almacenamos tus datos. Si das tu consentimiento entendemos que estas de acuerdo con nuestra política de protección de datos.