O encerramento da II Assembleia Geral Não Eletiva da Comissão Nacional dos Diáconos (CND), no dia 21 de maio de 2017, no Centro Redentorista de Espiritualidade (Seminário São Afonso) de Aparecida, constou de dois importantes momentos distintos.

Às 08h, na Capela do Seminário Santo Afonso foi celebrada Missa presidida pelo padre Deusmar de Jesus, assessor da Comissão Episcopal Pastoral para os Ministérios Ordenados e a Vida Consagrada (CMOVC) da CNBB e concelebrada pelo padre Jorge Dalagnol, da diocese de Erexim, RS e assessor dos diáconos.

No final da celebração houve o envio missionário do diácono Paulo Porais de Oliveira, da diocese de Jundiaí, que será missionário em Roraima.

No Auditório houve a conclusão final da II Assembleia não Eletiva e a escolha do local da Assembleia Geral Eletiva de 2019, que recebeu como proposta Centro de Eventos da Arquidiocese de Goiania. O local será confirmado na próxima reunião do Conselho Consultivo da CND.

O bispo referencial dos diáconos do Brasil dom João Francisco Salm exortou os diáconos e esposas na necessidade de insistir na busca da santidade, lutando contra as dificuldades impostas pelo meio em que vivemos. "É preciso insistir no encontro pessoal com Jesus. Não há caminho de santidade sem o Mestre. Assim, testemunharemos santidade na família, santidade na sociedade, santidade no ministério. O mundo nos impõe muitos revezes, mas a persistência na oração e determinação no ministério farão com nós vençamos as dificuldades e caminhemos sempre com Jesus", disse o bispo.

A Assembleia terminou com avisos, agradecimentos, oração e bênção ministrada por dom João.

De Aparecida, SP, diácono José Carlos Pascoal - ENAC - CND